bg

DIREITOS TRABALHISTA

TRABALHADOR PODE IR A JUSTIÇA SEM ADVOGADO

Atualmente o empregado ou trabalhador que deseja mover uma ação ou abri um processo trabalhista junto a Justiça do Trabalho pode fazer sem obrigatoriamente a presença de um advogado. As Leis do trabalho (CLT) prevê desde 1943 a possibilidade de qualquer trabalhador ou cidadão mover uma ação junto à empresa que o tenha prejudicado assumindo o processo sem a presença de uma boa consultoria trabalhista.

Mas até que ponto vale a pena abrir um processo trabalhista sem a orientação jurídica de um advogado trabalhista? Às vezes, como diz o velho ditado, o barato pode sair muito caro, pois a grande maioria das pessoas que abrem uma ação trabalhista não sabe explicar em detalhes e nem conhecem os recursos que lei pode oferecer para ajudar e acelerar o processo trabalhista.

Um dos grandes problemas na Justiça do Trabalho é a demora do andamento e do julgamento dos processos, isso é comum tanto na advocacia trabalhista e em todas as áreas da advocacia. Dessa forma se um cidadão comum vai até a Justiça do Trabalho e não usa todos os recursos disponíveis na lei (que ele na maioria das vezes não conhece), ele acaba perdendo tempo, pois no mínimo o processo irá ficar sem a análise técnica e lógica de um advogado trabalhista e consequentemente sem os recursos corretos para tentar ganhar a ação trabalhista.

A presença de um advogado trabalhista em qualquer que seja a ação a ser aberta é de vital importância para o sucesso de uma ação, pois você tem a certeza que esse profissional irá recorrer aos melhores recursos para ajudar você a vencer essa causa trabalhista. O empregado tem o direito de abrir um processo trabalhista sem a presença de seu advogado sim, porém não pode depois culpar a Justiça do Trabalho que seu pedido não foi atendido ou foi negado por falta de conhecimentos técnicos na área trabalhista.

Vários riscos e problemas já foram citados acima de trabalhadores que abrem uma ação trabalhista junto à Justiça do Trabalho, porém os prejuízos não param por aí. O Assim que esse trabalhador abre essa ação trabalhista a mesma é enviada para a empresa e a empresa toma suas devidas providencias. Como com certeza essa ação aberta pelo trabalhador está carente de recursos técnicos que somente um advogado trabalhista tem conhecimento, os advogados da empresa facilmente irão apresentar argumentos plausíveis e técnicos perante o juiz que irão derrubar rapidamente e encerrar o processo trabalhista em um curto período de tempo.

Isso tudo poderia e pode ser evitado com a presença e assessoria de uma boa consultoria trabalhista. Sempre consulte um advogado antes de abrir uma ação seja ela qual for. Às vezes o valor não é tão elevado como muitas pessoas pensam e a negociação de pagamentos de honorários do advogado podem ser flexíveis e facilmente negociadas para serem pagas após o término do processo trabalhista.

Converse com seu advogado e com certeza juntos entraram em um bom senso e em uma forma de pagamento que não pese ao bolso do trabalhador que irá abrir a ação.

A ISA advogados é especializada na área de advocacia trabalhista de São Paulo. Faça uma visita e conheça todos os profissionais atuantes na área do direito e tenha a certeza que tudo será feito para atender a causa do trabalhador junto a Justiça do Trabalho.

Fonte de Pesquisa: Trabalhador pode ir a justiça sem advogado

PUBLICAÇÃO: 16/04/13

Ilario Serafim Advogados - Consultoria Trabalhista - Todos os direitos Reservados.

Tel(11) 4053.5000

Tel(11) 4053.5001

isa@isa.adv.br

Rua Orense, 282

Centro - Diadema - SP

CEP 09920-650